FUNCHAL RECEBE A SEGUNDA ASSEMBLEIA PLENÁRIA DO IRG-RAIL DO ANO DE 2019

Funchal recebe a segunda Assembleia Plenária do IRG-Rail do ano de 2019

O IRG-Rail - Grupo Europeu de Reguladores Independentes, que assumiu no ano de 2019 presidência Portuguesa, realizou a sua segunda Assembleia Plenária na cidade do Funchal, na Madeira. O evento decorreu no dia 25 de novembro, no Salão Nobre do palácio do Governo Regional, e contou com a presença do vice-presidente do Governo Regional da Madeira, Pedro Calado.

A segunda Assembleia Plenária do IRG-Rail de 2019 teve lugar no Funchal, no dia 25 de novembro, sob a presidência de João Carvalho, presidente da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes.

 

 

O discurso de abertura da segunda Assembleia Plenária do IRG-Rail foi proferido pelo vice-presidente do Governo Regional da Madeira,  Pedro Calado, que destacou os principais desenvolvimentos da Madeira.


Em cumprimento com o Plano de Atividades para 2019, os diversos grupos e subgrupos de trabalho do IRG-Rail apresentaram, e submeteram à aprovação da Plenária, os seus relatórios e demais documentos elaborados no decurso do ano.No decorrer deste encontro, foi oficializada a nomeação de Serge Drugmand, presidente da Autoridade Reguladora belga, como presidente do IRG-Rail para o ano de 2020. E, Maria-Theresia Röhsler, da Autoridade Reguladora austríaca, a Schienem-Control, foi nomeada vice-presidente.

A Task-Force da Multimodalidade apresentou os resultados da pesquisa e da análise efetuada sobre a competitividade no setor dos transportes, na perspetiva dos passageiros.

O IRG-Rail, fundado em 2011 por 15 entidades reguladoras europeias do setor ferroviário, tem como principal objetivo facilitar a criação de um mercado único ferroviário na Europa assente nos vetores da competitividade, eficiência e sustentabilidade. Este organismo permite a cooperação, partilha de conhecimento e de boas práticas entre os seus membros. O seu enfoque incide, principalmente, sobre 4 áreas de trabalho: (1) o acesso à utilização da infraestrutura, (2) o sistema de taxação de utilização da infraestrutura, (3) propostas legislativas em desenvolvimento e (4) o acompanhamento e monitorização do mercado ferroviário.

Atualmente, o IRG-Rail é constituído por entidades reguladoras de 31 países europeus. A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes aderiu à organização em 2016.

 

27 de novembro de 2019